Aulas para engordar pessoas

Já pensou como seria se, ao invés de ter que levantar do sofá para apagar uma luz esquecida acesa, você precisasse apenas apertar um botão no celular? E se o trabalho de alimentar o cachorro ou o gato de casa fosse feito por uma máquina e o único esforço do dono fosse colocar a ração dentro dessa máquina uma vez por semana? Pois projetos como esses são realidade para os alunos dos cursos de Sistemas Eletrônicos (superior) e Eletrônica (técnico).

Equipamentos desenvolvidos no curso visam ao conforto

Equipamentos desenvolvidos no curso visam ao conforto

“Nosso curso serve para deixar as pessoas gordas”, brinca o aluno Léo Henrique Sens, da 6ª fase de Sistemas Eletrônicos, sobre a grande comodidade e conforto proporcionado pelos projetos do curso.

Um desse projetos foi idealizado pelos alunos Cleidir Salvato e Fábio Cabral, por meio do qual é possível utilizar a internet para movimentar portas e janelas, identificar se alguma entrada da residência foi aberta e ligar e desligar aparelhos eletrônicos. “Como parte das residências possui internet sem fio e os celulares de hoje já têm acesso à internet, é possível controlar tudo do celular”, explica Salvato.

Sistema utiliza internet para controlar equipamentos a distância

Sistema utiliza internet para controlar equipamentos a distância

Mas não só a comodidade que inspira os alunos desses cursos. Um dos projetos cria um dispositivo que aumenta a segurança de todos os motociclistas. “É um capacete que tem na parte traseira uma espécie de reprodução das luzes trazeiras da moto. Assim, quando o motorista aciona o pisca ou mesmo freia, além das luzes traseiras convencionais, o brilho é reproduzido atrás do capacete. Isso é muito importante para melhorar a visibilidade, já que as luzes tradicionais costumam ser baixas e um caminhão, ônibus ou carro mais alto que estivesse atrás da moto, por exemplo, poderia não perceber as luzes de pisca ou de freio acionadas”, conta Sens.

Capacete reproduz sinalização trazeira de motos

Capacete reproduz sinalização traseira de motos

Para não atrapalhar a mobilidade do motorista, a tecnologia de transmissão das informações para o capacete não utiliza fios. “E caso o capacete se afaste demais da moto, é acionada uma sequência luminosa de alerta, sinalizando uma possível queda do motociclista”, afirma Sens. O projeto é do aluno Maicol Pacheco.

2 ideias sobre “Aulas para engordar pessoas

  1. Nossaaa muito show essa mostra.
    O controle via internet de toda sua casa é demais, pois em viagens seria possivel controlar muitas coisas e quem sabe com esse capacete entrando no mercado os motociclistas passem realmente a usá-los evitando assim tragédia pir em caso de acidentes ou melhor ainda que com isso diminua consideravelmente o numero de acidentes com motos :)
    Estão de parabénsss pela idéia :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *