Bancada adaptada é destaque na Eletrotécnica

Uma bancada adptada a cadeirantes é um dos destaques do estande do curso técnico em Eletrotécnica na SNCT em Florianópolis. O equipamento foi desenvolvido por uma equipe de professores com participação do estudante Henrique Pinto de Carvalho Neto, único aluno cadeirante do curso. “Se tiver uma dessas em cada Instituto Federal, vai ser um grande avanço”, diz Henrique.

A altura da bancada pode ser ajustada pelo próprio estudante, acionando um interruptor. O equipamento se movimenta por meio de um motor igual ao de um portão eletrônico. O professor Gilberto Valentim Silva explica que ele pode ser adaptado para outros cursos, como o de Mecânica. “Pensamos também em questões de segurança e conforto para o aluno que for usá-la”, diz. Uma das medidas de segurança é que o equipamento só pode ser ajustado com a energia desligada.

Henrique de Carvalho está no quarto semestre do curso e conta que sempre teve a colaboração de colegas para trabalhar nas bancadas tradicionais. Quando precisava mexer no topo da bancada, orientava verbalmente os colegas, que montavam os equipamentos.

Como vai terminar o curso no fim do ano, Henrique pouco vai poder aproveitar a bancada, que está em fase de finalização. Mesmo assim, está muito feliz. “Com certeza esse equipamento vai ajudar muitas pessoas”, afirma. O professor Gilberto Silva espera que outras instituições da Rede Federal adotem o equipamento em seus cursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *