Fibra de banana vira acessório de moda

Quem disse que os projetos terminam depois que os estudantes se formam? Três ex-alunas do Campus Jaraguá do Sul estão mostrando que uma ideia criada durante o curso pode dar certo e perdurar mesmo após a formatura.

Jackeline Rode, Carmen Hreczuck e Nayla Ramos, recém-formadas no curso técnico em Produção e Design de Moda, desenvolveram o projeto Nanica Chick, pelo qual fabricam bijuterias e outros acessórios usando a fibra de banana como matéria-prima. A ideia deu tão certo que a Nanica Chick tornou-se a primeira empresa incubada do campus.

O foco da empresa tem tudo a ver com um dos temas da SNCT que é a sustentabilidade. Carmen explica que a matéria-prima usada na fabricação das pulseiras, colares, anéis e outros acessórios de moda vem do pseudocaule da bananeira, resíduo abundante na região Norte de Santa Catarina, onde está a maior produção estadual da fruta. “É um processo inovador no estado”, conta.

O convite para expor o projeto na semana de Brasília foi recebido com muita felicidade pelas alunas. “Estamos vendo que a empresa pode dar certo e temos recebido muito apoio. O fato de estarmos aqui é um exemplo do apoio que o IFSC nos deu e continua dando”, ressalta Carmen.

Cada ex-aluna possui uma função na empresa. Jackeline cuida da parte administrativo-financeira, Nayla é responsável pela criação e produção e Carmen fica com a área comercial e de marketing. Nayla conta que a intenção do grupo é continuar se aperfeiçoando e ampliar a produção. “Estamos trabalhando em protótipos de bolsas, cintos e sapatos feitos com a fibra da banana”, diz.

Quem quiser conhecer o trabalho da Nanica Chick pode ir ao Campus Jaraguá do Sul onde a empresa está incubada. Em breve, as sócias vão lançar uma página no Facebook para facilitar o acesso das pessoas e permitir a compra das peças. “Já comercializamos nossas criações, mas por enquanto todo o dinheiro é investido na própria empresa”, conta Jackline.

E a mistura de sustentabilidade e criatividade chama a atenção mesmo. As peças da nova marca catarinense estão fazendo sucesso na SNCT de Brasília. Tão logo os acessórios foram expostos, diversos visitantes pararam no estande do IFSC para conhecer o trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *