Robô feito de Lego resolve o “cubo mágico” em alguns minutos

Bolsista Lucas e o professor Miguel mostram o robô à comunidade.

Bolsista Lucas e o professor Miguel mostram o robô à comunidade.

Quem já tentou resolver o “cubo mágico” sabe que não é tarefa simples. Além de paciência, é preciso estratégia. Muitas pessoas levam horas, até dias para deixar cada face com apenas uma cor. E tem aqueles que se frustram por nunca ter conseguido.

Mas um robô feito em Joinville resolve em cerca de 5 minutos. Ele foi construído com peças de Lego e conta com um programa de computador que foi baixado da internet. O bolsista do projeto, Lucas Schulze, explica que primeiro um sensor registra as cores de cada face do cubo e o programa encontra a solução. Então começa a parte mecânica do robô, que mexe o cubo de um lado para outro até deixar as faces com as cores únicas.

Para o professor Miguel Bahia, que faz parte do projeto de robótica do câmpus, os robôs têm um importante caráter motivacional entre os alunos, além de ser multidisciplinar, pois envolve matemática, física, programação, mecânica, elétrica. “Permite a integração destas áreas de forma lúdica e trabalha em vários níveis de escolaridade, desde pré-escola até superior.”
Realmente muitas crianças que visitaram o câmpus ficaram encantadas com este e outros robôs, como dois que jogam futebol e outro que parece um jacaré – ao se aproximar, ele abre e fecha a boca.

Segundo o bolsista Fernando Lapa, as crianças ficaram muito curiosas. “Queriam saber como funcionava, perguntaram bastante”, conta. E tem muita gente grande que também fica admirado. Foi a caso de Cláudio Sibem e da filha Cláudia, que visitaram a feira. “É incrível”, disse Cláudio, que tem um filho estudando no câmpus.

Mostra

Segundo o professor Stefano Zeplin, a mostra de Robótica é resultado de um projeto de extensão cujo objetivo é apresentar à comunidade interna e externa os diferentes robôs que vem sendo desenvolvidos por alunos e professores em TCC, projetos de iniciação científica e de extensão.

Além do Fernando e do Lucas, fazem parte do projeto de Robótica os alunos Hector Paradela, Hygor Bello, Leandro Kimura e André Piazza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *