SNCT em Caçador termina hoje

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Campus Caçador começou na segunda-feira, dia 17, com duas palestras. O ex-presidente da Associação de Micro e Pequenas Empresas de Caçador (Ampe), Ibrahim Socreppa, motivou o público de cerca de 70 pessoas, falando sobre as vantagens de se abrir uma empresa atualmente. Em seguida, o engenheiro ambiental Alessandro Zapani fez uma apresentação sobre meio ambiente e o tratamento de efluentes nas indústrias de plásticos e de confecção.

Continuar lendo

Feira de ciências no Campus Jaraguá do Sul termina nesta quinta-feira

A população de Jaraguá do Sul tem até esta quinta-feira, dia 20, para visitar a I Feira Interdisciplinar de Iniciação Científica de Jaraguá do Sul, promovida pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IF-SC) com o apoio do CNPq. Na feira estão expostos 35 trabalhos de ciência produzidos por aproximadamente 120 alunos do ensino médio do IF-SC e outras seis escolas de Jaraguá do Sul. A entrada na feira é gratuita e vai das 8h às 11h30 e das 13h às 17h.

Continuar lendo

Campus Garopaba oferece palestras a mais de 400 estudantes da região

Alunos da 8ª série do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino médio da Escola Estadual José Rodrigues Lopes receberam hoje a visita de professores e alunos do Campus Garopaba do Instituto Federal de Santa Catarina (IF-SC) para a continuação das atividades do projeto de extensão “Pensando o Profissional para Enfrentar o Grande Desafio Planetário”, promovido pelo campus para comemorar a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Continuar lendo

Alunos do IFC participam da SNCT do IF-SC

A SNCT no Campus Araranguá teve a participação do Instituto Federal Catarinense (IFC), instituição pública federal que oferece educação profissional e tecnológica, assim como o IF-SC. Os estudantes que participaram do evento são do Campus Sombrio do IFC, que fica na cidade vizinha de Santa Rosa do Sul (ainda leva o nome “Sombrio” porque quando foi criado, como escola agrotécnica federal, Santa Rosa do Sul ainda não havia se emancipado de Sombrio).

Os estudantes do curso de Agronomia (graduação) do Campus Sombrio do IFC apresentaram na SNCT do Campus Araranguá do IF-SC um projeto que visa a transformar óleo de cozinha em sabão. Segundo explica o aluno Manuel Souza Matos (em primeiro plano na foto), um litro de óleo é o suficiente para poluir 20 mil litros de água.

No processo de reutilização adotado por eles, são usados 3 litros óleo para 16 litros de água – com isso, evita-se a poluição de 60 mil litros de água. Soda cáustica e a fragrância desejada (limão, coco, etc.) também são utilizados. O sabão fica com consistência pastosa e pode ser utilizado para lavar louças e roupas.

Alunos do curso tecnólogo em Sistemas de Telecomunicações do Campus São José se apresentam no Campus Florianópolis

O auditório do Campus Florianópolis do Instituto Federal de Santa Catarina (IF-SC) foi palco de uma série de apresentações de trabalhos por alunos do curso tecnólogo em Sistemas de Telecomunicações do Campus São José na tarde desta quarta-feira. As apresentações fizeram parte da programação do campus para comemorar a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Continuar lendo

Alunos intercambistas do Propicie apresentam trabalhos no Campus Florianópolis

De fevereiro a março deste ano, 10 alunos do Instituto Federal de Santa Catarina (IF-SC) participaram do Programa de Cooperação Internacional para Intercâmbio de Estudantes (Propicie) e tiveram a oportunidade de conhecer novos países e estudar em universidades internacionais na Alemanha, Áustria, Espanha e Portugal. Na manhã desta quarta-feira (20), durante a Semana de Ciência e Tecnologia do Campus Florianópolis, eles se reuniram e apresentaram trabalhos sobre suas experiências e projetos desenvolvidos durante o intercâmbio. Continuar lendo

Têxtil e Produção de Moda expõem trabalhos de estudantes

O estande do curso técnico em Produção de Moda na SNCT em Araranguá trouxe também vários trabalhos de alunos do curso. Por exemplo, moulage, você sabe o que é? O nome, em francês, designa a técnica de modelar a peça diretamente no corpo ou em um manequim. É bastante usada para roupas de festas, conforme explica a professora Anamélia Fontana Valentim. Sandálias estilizadas e peças feitas com tecido reaproveitado (por exemplo, de uma calça jeans criou-se um vestido) também foram expostos.

O curso de Produção de Moda organizou, ainda, uma atividade pela cidade, um “editorial de moda”. O desafio foi proposto na sexta-feira (14) pela professora Flávia Sá. Os alunos, divididos em seis equipes (uma para cada turma), tiveram dois dias para montar looks com tema livre e com apoio do comércio local. Os looks foram fotografados, e a melhor foto vai ganhar um jantar no Estúdio Flávia Sá Moda Photo. Curiosidade: para montar um dos looks, os alunos conseguiram até um carro do modelo New Beetle (“Novo Fusca”) emprestado com uma concessionária Volkswagen de Araranguá.

No estande do curso técnico em Têxtil: Malharia e Confecção foram expostos equipamentos antigos e atuais da área, como, por exemplo, máquinas de costura antigas, “manuais”, e uma máquina atual, que possui um sistema de programação. Os visitantes também conferiram trabalhos elaborados por alunos do curso, como tecidos estampados.

Licenciatura em Física mostra ciência por meio de trabalhos

O curso de licenciatura em Ciências da Natureza com habilitação em Física apresentou vários trabalhos na SNCT em Araranguá. Um deles foi o “anel saltante”, um sistema que gera corrente elétrica para uma haste de metal que é circundada por um anel também metálico. Com a liberação na energia, o anel “salta”. Isso ocorre porque as cargas que passam pela haste e pelo anel se repelem, segundo explica Charlene Peruchi Dalmolin, estudante do quarto módulo do curso.

Outro trabalho apresentado foi o de um painel solar feito com pequenos quadrados de vidro (em primeiro plano na foto abaixo). Com ele, é possível aquecer a água em uma lata de metal acoplada ao painel ao ponto de cozinhar um ovo. Essa experiência não foi demonstrada na SNCT (apenas o sistema), mas já foi feita com sucesso em outro evento, conta Charlene.

Campus Araranguá levou SNCT ao centro da cidade

Pela primeira vez, o Campus Araranguá do Instituto Federal de Santa Catarina (IF-SC) realizou atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Centro da Cidade. Nos estandes montados na terça-feira (18) em frente à Praça Hercílio Luz, os cursos técnicos em Eletromecânica, Produção de Moda e Têxtil: Malharia e Confecção expuseram trabalhos de alunos e servidores para a comunidade. Nesta quarta e quinta-feira, as atividades serão realizadas no campus (Avenida XV de Novembro, 61).

No estande do curso técnico em Eletromecânica, os visitantes conheceram a “bicicleta noturna ecológica”, que possui um sistema para geração de energia elétrica a partir dos movimentos de pedalada do ciclista. Para isso, tem quatro ímãs acoplados aos aros da roda traseira que, ao passar por uma bobina feita com papelão e fios de cobre, gera energia para as lâmpadas que iluminam a parte traseira da bicicleta. “O propósito dela é a segurança do ciclista explica Oliveira Homem, estudante do terceiro módulo do curso.

O professor Andrei Franco, um dos orientadores do trabalho, conta que outro objetivo é incentivar o uso de bicicletas em Araranguá, cidade praticamente toda plana em sua região central. Em breve, o IF-SC deve organizar uma “bicicletada” pela “Cidade das Avenidas”, com a participação de aproximadamente 50 ciclistas. Outro trabalho apresentado pelo curso foi o de um braço mecânico movido por um sistema pneumático (a ar).

 

Começam as atividades do Campus Gaspar

Nesta terça-feira (18), o Campus Gaspar iniciou as atividades da 8ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Palestras sobre sustentabilidade marcaram o primeiro dia do evento no campus.

“Mudanças climáticas, desastres naturais e prevenção de riscos: a vegetação que nos protege” foi o tema da palestra proferida pelos professores da Universidade Regional de Blumenau (FURB), Lúcia Sevegnani e Hélio dos Santos Silva. O professor Ademar Cordero, também da FURB, realizou a palestra “Sustentabilidade – Água e as Enchentes Urbanas”, em que refletiu sobre a expansão das áreas urbanas, que diminuem o escoamento da água e causam alagamentos em qualquer chuva torrencial. O professor levantou a necessidade de um planejamento das ações de crescimento da cidade para evitar prejuízos. 

 No período noturno, mais três palestras integraram a programação: “Grupo RIC: A caminho da sustentabilidade”, em que o palestrante Marcos Souza apresentou as ações socioambientais desenvolvidas pela RIC Record; “Equilíbrio: tempo, vida e profissão”, com o professor do IF-SC, Cleverson Tabajara, que discorreu sobre estar preparado para as oportunidades que surgem na vida; e “Sustentabilidade: Teoria ou Prática”, proferida pelo professor José Constantino Sommer da Fundação Municipal do Meio Ambiente, que abordou os fundamentos que conduziram à situação de insustentabilidade socioambiental.

Confira mais fotos na galeria de imagens da SNCT 2011 na página do IF-SC no Facebook.