Trabalho social em Edificações

Alunos do curso técnico em Edificações do Campus Criciúma vão colocar seus conhecimentos em prática e realizar um importante trabalho social por meio do projeto “Aprendizagem por meio de realização de benfeitorias em entidade social de Criciúma”, apresentado em forma de pôster no 1º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense (SICT-Sul), realizado em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

O projeto vai atender ao Asilo São Vicente de Paulo, localizado no bairro Michel, em Criciúma. A estudante Kamila Biazoto (foto), da quarta fase do curso de Edificações, é bolsista do projeto e explica que os estudantes vão “botar a mão na massa” para reformar parte da estrutura física do asilo. Ela conta que há muitas infiltrações no prédio e há alguns problemas com relação à acessibilidade, como falta de corrimãos e de rampas. A fachada e banheiros também terão melhorias.

O trabalho começa em novembro deve durar um mês. Kamila, bolsista de extensão, é autora do projeto de reforma e foi orientada pelos professores Geóvio Kroth, Heloísa Nunes e Silva e Lucas Bastianello Scremin.

 

Apresentação de trabalhos em Criciúma

No 1º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense (SICT-Sul), evento realizado no Campus Criciúma em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), serão feitas 70 apresentações orais de trabalhos, das mais diversas áreas do conhecimento. Confira aqui a lista completa.

Na foto, o professor Rafael Rivelino da Silva Bravo, do Campus Criciúma, apresenta o artigo técnico “Modelagem e análise de um sistema eletro-hidráulico com controle de pressão influenciado por carga negativa”, para um público formado principalmente por alunos do ensino do Instituto Maximiliano Gaidzinski, de Cocal do Sul, cidade vizinha de Criciúma.

Nesta terça (16) à tarde, último dia do evento, as apresentações orais continuam. Também haverá apresentação de pôsteres, mesa-redonda sobre energias renováveis e palestras temáticas.

1º SICT-Sul começou com palestra

A professora Fátima Peres Zago de Oliveira (última à direita na foto), do Instituto Federal Catarinense (IFC), ministrou palestra sobre “O papel da iniciação científica nas instituições técnicas”, na cerimônia de abertura do 1º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul de Santa Catarina (SICT-Sul), realizada ontem (15). O evento ocorre no Campus Criciúma em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).

O evento, que termina nesta terça (16), tem a participação dos campi Araranguá e Criciúma do IFSC, do Campus Sombrio do IFC e do Campus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina.(UFSC). Na tarde de terça, o destaque é a mesa-redonda sobre energias renováveis. Haverá também apresentações orais de trabalhos e de pôsteres e palestras temáticas. Confira a programação. O Campus Criciúma fica no bairro Vila Rica, na esquina da SC-443 com a Rua Antônio Daré.

Começou o 1º SICT

Começou nesta segunda-feira o 1º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense (SICT), realizado no Campus Criciúma. O simpósio é uma das atividades realizadas em Criciúma em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).

O simpósio visa a integrar as atividades científicas, tecnológicas, extensionistas e de ensino das instituições públicas federais do sul catarinense: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC), por meios dos campi Criciúma e Araranguá, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense (IFC), Campus Sombrio, e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Campus Araranguá.

O 1º SICT vai até terça, dia 16, e tem na programação palestras, minicursos e apresentação de trabalhos. Saiba mais no site.