Trabalho social em Edificações

Alunos do curso técnico em Edificações do Campus Criciúma vão colocar seus conhecimentos em prática e realizar um importante trabalho social por meio do projeto “Aprendizagem por meio de realização de benfeitorias em entidade social de Criciúma”, apresentado em forma de pôster no 1º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense (SICT-Sul), realizado em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

O projeto vai atender ao Asilo São Vicente de Paulo, localizado no bairro Michel, em Criciúma. A estudante Kamila Biazoto (foto), da quarta fase do curso de Edificações, é bolsista do projeto e explica que os estudantes vão “botar a mão na massa” para reformar parte da estrutura física do asilo. Ela conta que há muitas infiltrações no prédio e há alguns problemas com relação à acessibilidade, como falta de corrimãos e de rampas. A fachada e banheiros também terão melhorias.

O trabalho começa em novembro deve durar um mês. Kamila, bolsista de extensão, é autora do projeto de reforma e foi orientada pelos professores Geóvio Kroth, Heloísa Nunes e Silva e Lucas Bastianello Scremin.

 

Você já “viu” os efeitos negativos do cigarro?

Os alunos do primeiro e do segundo módulos do curso superior de Licenciatura em Ciências da Natureza – Habilitação em Química prepararam um experimento que mostra, na prática, os efeitos negativos sofridos por quem fuma. Por meio de garrafas pet com água e mangueiras que canalizam a fumaça do cigarro, é possível observar os resíduos deixados no pulmão dos fumantes.

Alunos mostram os malefícios do cigarro

Alunos mostram os malefícios do cigarro

Além de observar o efeito da fumaça, os alunos da licenciatura em Química montaram um questionário para avaliar o nível de dependência dos fumantes e uma explicação também sobre os tipos de dependência (física, psicológica ou associação com cigarro).

O curso de Licenciatura em Química tem quatro anos de duração e prepara professores para o ensino fundamental e médio. No Ingresso 2010-1 estão abertas 36 vagas para uma nova turma no período noturno.

História de colônia alemã é contada por alunos do ensino médio

As fotos tiradas durante uma visita técnica a São Pedro de Alcântara decoram o estande do curso de ensino médio do IF-SC. Os alunos viajaram para a colônia alemã em agosto para conhecer de perto a cultura do local, que completa 180 de fundação neste ano.

Alunos do ensino médio fotografaram São Pedro de Alcântara

Alunos do ensino médio fotografaram São Pedro de Alcântara

Os visitantes podem conhecer, por meio das fotos e da explicação dos alunos que cuidam do estande, diversos aspectos históricos e culturais da colônia alemã, como a arquitetura e a colonização da região. Também podem ser conferidos objetos que foram emprestados pela Casa de Cultura de São Pedro de Alcântara, como os brasões dos estados alemães.

Visitantes concorrem a um jantar com acompanhante

Quem visitar o estande do Campus Florianópolis-Continente na VI Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e se inscrever para receber informações sobre os cursos desse campus (cursos técnicos em Hospedagem, Cozinha, Panificação e Serviço de Bar e Restaurante) vai concorrer a um jantar com acompanhante.

Estande realiza sorteio de jantar com acompanhante

Estande realiza sorteio de jantar com acompanhante

O jantar será preparado e servido no próprio Campus Florianópolis-Continente, durante uma das ambientações – que são eventos durante os quais os alunos colocam em prática os conhecimentos adquiridos no curso.

Os interessados têm até sexta-feira, dia 16, para se inscrever no estante e concorrrer ao jantar.