O que você faz com sua radiografia velha?

A radiografia é um exame que ajuda os médicos a diagnosticarem e tratarem doenças. Mas o que fazer depois com esse material? Para ensinar as pessoas a fazerem um correto descarte e ainda evitar que o material utilizado na radiografia polua o meio ambiente, professores e alunos do Campus Florianópolis do IFSC se uniram para desenvolver um projeto de pesquisa intercursos que está sendo apresentado na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de Brasília, que começou nesta terça-feira (16) e termina no domingo (21).

O trabalho começou em agosto e envolve estudantes e docentes dos cursos técnico integrado em Química e Superior de Tecnologia em Radiologia. A professora Laurete Medeiros Borges, coordenadora do curso de Radiologia e idealizadora do projeto, explica que a intenção é alertar para o perigo que os resíduos das radiografias geram quando o descarte não é adequado. “Queremos que os alunos já comecem a desenvolver nos cursos uma consciência ambiental”, destaca.

O projeto envolve tanto a questão educativa – de orientar as pessoas a não jogarem radiografias em lixo comum – como também a recuperação da prata usada na radiografia e a reutilização de filmes radiográficos descartáveis. No estande do IFSC na SNCT de Brasília, o grupo mostra como faz o processo para reaproveitar a radiografia, que envolve lavação, filtragem e queimação em um forno. Ao final, recupera-se a prata – que é utilizada nas aulas de química – e o acetato limpo, que é entregue para os alunos do curso superior de tecnologia em Design de Produto usarem no laboratório de materiais.

O trabalho será feito até novembro. “Estamos passando em clínicas para orientar sobre o correto descarte das radiografias e ainda vamos passar nas salas de aula para conscientizar nossos alunos”, conta Laurete.

Também trabalham no projeto as professoras Andréia Huhn (Radiologia) e Berenice Junkes (Química). Participam da pesquisa ainda as alunas bolsistas Daniela Klabelg (Radiologia) e Aline Flores (Química) e os estudantes voluntários Massai Silva (Química) e Marelise Montana (Radiologia).

Confira o resultado da I Feira Interdisciplinar de Iniciação Científica de Jaraguá do Sul

Realizada nos dias 19 e 20 deste mês no Campus Jaraguá do Sul, a I Feira Interdisciplinar de Iniciação Científica de Jaraguá do Sul premiou os melhores trabalhos apresentados por alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Confira, abaixo, o resultado da premiação para o Ensino Médio, que avaliou tanto os trabalhos em desenvolvimento (apresentados na forma de banners) quanto os trabalhos concluídos.

Continuar lendo

Você já “viu” os efeitos negativos do cigarro?

Os alunos do primeiro e do segundo módulos do curso superior de Licenciatura em Ciências da Natureza – Habilitação em Química prepararam um experimento que mostra, na prática, os efeitos negativos sofridos por quem fuma. Por meio de garrafas pet com água e mangueiras que canalizam a fumaça do cigarro, é possível observar os resíduos deixados no pulmão dos fumantes.

Alunos mostram os malefícios do cigarro

Alunos mostram os malefícios do cigarro

Além de observar o efeito da fumaça, os alunos da licenciatura em Química montaram um questionário para avaliar o nível de dependência dos fumantes e uma explicação também sobre os tipos de dependência (física, psicológica ou associação com cigarro).

O curso de Licenciatura em Química tem quatro anos de duração e prepara professores para o ensino fundamental e médio. No Ingresso 2010-1 estão abertas 36 vagas para uma nova turma no período noturno.

História de colônia alemã é contada por alunos do ensino médio

As fotos tiradas durante uma visita técnica a São Pedro de Alcântara decoram o estande do curso de ensino médio do IF-SC. Os alunos viajaram para a colônia alemã em agosto para conhecer de perto a cultura do local, que completa 180 de fundação neste ano.

Alunos do ensino médio fotografaram São Pedro de Alcântara

Alunos do ensino médio fotografaram São Pedro de Alcântara

Os visitantes podem conhecer, por meio das fotos e da explicação dos alunos que cuidam do estande, diversos aspectos históricos e culturais da colônia alemã, como a arquitetura e a colonização da região. Também podem ser conferidos objetos que foram emprestados pela Casa de Cultura de São Pedro de Alcântara, como os brasões dos estados alemães.

Curso de Design mostra trabalhos premiados

O curso superior em Design de Produto trouxe para a VI Semana Nacional de Ciência e Tecnologia uma amostra dos melhores trabalhos e projetos desenvolvidos pelos alunos. Alguns deles foram premiados em eventos científicos e feiras do setor.

Kombi do Design

Kombi do Design

“Estamos expondo um pouco dos nossos Projetos Integradores, que são trabalho feitos a cada semestre e que reúnem os conhecimentos adquiridos até aquele momento do curso”, explica a aluna Flávia  Menezzo, do 4º módulo.

Para expor os trabalhos, os alunos prepararam uma combi, que foi doada ao curso recentemente. “Como são os PI´s [Projetos Integradores] que movem o curso, estamos usando a combi como vitrine”.

Estande mostra equipamentos de segurança no trabalho

O curso técnico em Segurança do Trabalho, do Campus Florianópolis, preparou seu estande na VI Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) com diversos equipamentos de segurança. Quem passar pelo local poderá aprender como é o funcionamento dentro de um extintor de incêncio e conferir como são medidas as condições de luz, temperatura, umidade e de ruídos, entre outros.

Equipamentos de segurança no trabalho

Equipamentos de segurança no trabalho

Segundo o professor Fabiano Antonini, objetivo é mostrar um pouco dos projetos desenvolvidos pelos alunos e chamar a atenção das pessoas para os riscos ambientais enfrentados no dia-a-dia.

O curso técnico em Segurança do Trabalho tem duração de um ano e meio e é um dos mais concorridos no IF-SC. As aulas são no período da noite e as inscrições para ingressar na próxima turma (semestre 2010-1) estão abertas. Clique aqui para se inscrever.