Ciclista de 67 anos conta sua história no Câmpus Jaraguá do Sul

jaragua ciclismo 2São 67 anos de vida, 50 anos de esporte e mais de 150 competições de ciclismo de velocidade, que já renderam, inclusive, a primeira colocação no ranking nacional de ciclistas na categoria master (veteranos). Esse é o breve resumo do currículo do ex-bancário e amante do ciclismo, Gustavo Valdemar Fidélis, que esteve com os participantes da 10ª edição da SNCT no Câmpus Jaraguá do Sul na última quinta-feira (25).

Para Fidélis, a prática desportiva é fundamental para o desenvolvimento das pessoas e para a manutenção da saúde. “Eu, por exemplo, percorro cerca de 90 quilômetros de bicicleta, duas vezes por semana, sempre aqui na região de Jaraguá e dos municípios vizinhos”, conta.

jaragua ciclismo 3Segundo o ciclista, a escola é o ponto de partida para a criação do hábito de se fazer esportes e, também, para que o Brasil tenha cada vez mais atletas de alto nível. “O que não pode acontecer é o que se tem hoje: o professor pega uma bola de futebol, uma de vôlei e uma de basquete e deixa as crianças jogando sem se preocupar com a orientação. Além de orientar, é preciso que a escola também proporcione o acesso das crianças a novas modalidades, não somente as mais comuns”, afirma.

Fidélis também abordou, durante a sua conversa com os participantes da SNCT, a relação entre a saúde, o esporte e a tecnologia, destacando a evolução dos equipamentos relacionados ao ciclismo de velocidade.

jaragua ciclismo 2

Judô é tema de colóquio em Jaraguá do Sul

jaragua judo 2Na quarta-feira (23), durante a manhã, os participantes da SNCT no Câmpus Jaraguá do Sul participaram de uma conversa com o professor de judô Cláudio Marcelo de Almeida sobre a importância desta modalidade esportiva e a sua relação com a ciência e a tecnologia. Entre os temas abordados durante a conversa estiveram a importância de uma prática esportiva adequada para à idade das pessoas, a formação e o preparo de atletas de alto rendimento e a importância dos estudos científicos na evolução e melhoria da prática desportiva.

Segundo o professor de judô, uma das áreas em que a tecnologia é mais presente no esporte está na indústria de doping e de anti-doping. “São duas indústrias que competem entre si, uma procurando substâncias cada vez mais difíceis de serem detectadas e outra que melhora cada vez mais a capacidade de detecção dessas substâncias”, contou.

jaragua judo 1Cláudio também abordou a história do judô e estimulou os participantes da SNCT a conhecerem o esporte em Jaraguá do Sul. “Essa é uma modalidade que cresce muito no País e aqui na cidade também temos opções para quem quer praticar o judô. É interessante ver que muitos ex-praticantes acabam retornando à modalidade depois de algum tempo parados, ou ainda trazendo seus filhos para praticarem”, destacou.

Colóquio sobre futsal destaca tecnologias da área

jaragua futsal 2Na terça-feira (23), na parte da tarde, o preparador físico da equipe de futsal de Jaraguá do Sul, Mauro Sandri, e o preparador de goleiros, Sérgio Santana, participaram do colóquio sobre futsal promovido pelo Câmpus Jaraguá do Sul. Durante a conversa com o público, os convidados abordaram as tecnologias envolvidas no esporte, citando, por exemplo, os testes de controle de fadiga realizados em atletas, os estudos na área de biomecânica e as chuteiras cada vez mais leves. Além do futsal, os profissionais também trouxeram exemplos de outros esportes, como tênis, ciclismo e natação.

jaragua futsal